mendi/music/relax
 



Alzira Souza (Mendi)

Ilha da Magia SC (beira mar).

No dia 11/08/57

Na minha infância correr na areia

Catar conchinhas era meu parque de diversão.

As ondas do mar foi meu balanço.

A areia fina da praia construía meus castelos.

Ali nasci, cresci e vivi todos os momentos bons da minha vida.

Viver longe do mar, seria como um peixe viver fora da água.

Hoje ele ainda me acalenta e me inspira para escrever

Pois só ele que comigo dividiu tanto tempo conhece meu coração.

Todos os meus segredos são lançados ao mar, ele guardará.

Pois seremos eternos companheiros

E nessa simplicidade em que vivo

Encontro mil razões para continuar vivendo pertinho do mar.

Gosto do sentimento de liberdade.

Apaixonada pela vida.

Não saberia viver sem a poesia.

Minha essência de vida.

Sou simpática com quem merece.

Acredito na amizade sincera.

Sei ouvir e calar.

Não gosto de injustiças.

Defendo meu espaço se preciso for.

Não sei se um defeito ou qualidade

Mas como toda leonina sou sincera demais

E por vezes acabo magoando com o excesso de sinceridade.

Amo família e amigos, mas acima de tudo minha vida só pertence a Deus.

Ser Poeta

Florbela Espanca

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!
É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!
É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de ouro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!
E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!


Histórico:

- 16/02/2010 a 28/02/2010
- 16/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 15/10/2009
- 01/08/2009 a 15/08/2009
- 16/06/2009 a 30/06/2009
- 01/06/2009 a 15/06/2009
- 16/05/2009 a 31/05/2009
- 01/05/2009 a 15/05/2009
- 01/04/2009 a 15/04/2009
- 16/03/2009 a 31/03/2009
- 01/03/2009 a 15/03/2009
- 16/02/2009 a 28/02/2009
- 01/02/2009 a 15/02/2009
- 16/01/2009 a 31/01/2009
- 01/01/2009 a 15/01/2009
- 16/12/2008 a 31/12/2008
- 01/12/2008 a 15/12/2008
- 16/11/2008 a 30/11/2008
- 01/11/2008 a 15/11/2008
- 16/10/2008 a 31/10/2008



Outros sites:

- Cristiny on Line
- Silêncio
- Duas Sinas
- Dembiski Poesias
- Soraia


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

eXTReMe Tracker

Layout Exclusivo
para o
Almas Poéticas

Criação: Mendi



 

"O que fizemos apenas por nós mesmos morre conosco; o que fizemos pelos outros e pelo mundo permanece e é imortal."

“Alguns ajudam os outros para receberem bênçãos e admiração.
Isto é simplesmente insignificante.
Alguns se desenvolvem em parte para servirem aos outros, e em parte para servirem a seu próprio orgulho.
Eles compreenderão, no máximo, parte da verdade.
Mas aqueles que se aperfeiçoam para o bem do mundo, para esses, toda a verdade do universo será revelada."
 
Fonte: Blog da Evelize


Recebi este MEME de alguém que surgiu no repentino e que despertou em mim admiração e carinho.
Com este agrado veio, mas uma vez a certeza de que nunca estamos sozinhos e se uma porta se fecha abre-se outra ou muitas outras.
Obrigada meu querido JOTA pela lembrança.

MEME.

REGRAS:


• Escrever uma lista com 8 coisas que sonhamos fazer antes de ir embora daqui;
• Convidar 8 amigos de blogs para responder também;
• Comentar no blog de quem nos convidou;
• Comentar no blog dos nossos (as) convidados (as), para que saibam da "intimação";
• Mencionar as regras.

 

Minha lista:


1°. Pretendo: Continuar com pôster no meu blog, sempre com tópicos sobre o amor e a humildade.  Poder continuar clamando por paz e justiça. Poder protestar contra a violência e sonhar que um dia torne realidade mesmo sabendo que a violência cresce cada dia mais, mesmo assim vou ter sempre a esperança de um dia melhor para todos nós.

2°. Conhecer: Alguém que me mostre que o Reino da Imaginação é real.
Besteira que passam na minha cabeça
onde de vez enquanto faço uma varredura à espera de um final feliz para os meus sonhos.

3°. Olhar: Nos olhos da pessoa que diz ser meu amigo quando só o conheço através da tela do computador porque os olhos é o espelho da alma e somente na alma a amizade faz morada.

4°. Comprar: Uma casa em um sítio onde eu possa viver em contato direto com a natureza o verde dos campos e animais.

5°: Ter amigos verdadeiros dispostos a dividir alegrias e aflição, que me cobre quando eu errar e não bata palmas para meu erro porque se diz meu amigo. Quando isto acontece fico convicta que não tenho um amigo de verdade, mesmo que seja só virtual.

6°. Ver: Meus netos criados e bem sucedidos na vida e o dia que chegar minha hora de fazer a travessia eu siga em paz com Deus na certeza de missão cumprida aqui neste plano terrestre.

7°. Transformar meu sonho em realidade. O que não está muito longe de concretizar. Qual sonho?  Meu curso de Designer completo.

8°. Tornar: Cada dia especial e vive-lo como se fosse o ultimo.

AS regas aqui estão, agora é com vocês.


Repasso para:


Isabel


Soráia


Ciganita


Márcia


Cláudia


Kakau


Caminhante Lunar


Paulo




- Postado por: Alma Poética às 18h57
[ ] [ envie esta mensagem ]



 

Lucia Cavichioli uma grande amiga e poetisa que muitas vezes trouxe para nós um poema para nosso deleito.
Hoje trago um poema que está no seu livro.
Lançamento recente.

SETE CADEADOS 
(Lu Cavichioli)


 
Tem no rosto
mistério sorriso
 
nos olhos - o castanho
mergulhado em tons esverdeados
 
a boca
transpira rosas vermelhas
 
as mãos, muros infinitos
corpo & pele
expondo-se
em nuances do ocaso
 
na voz
fatigadas células
conheço todas
mas não as penetro
 
na mente?
sete cadeados
pensamentos soterrados
em neurônios



- Postado por: Alma Poética às 14h47
[ ] [ envie esta mensagem ]



 

    Poema para a Paz no mundo
                       Alexandrina Pereira

 

Os poetas reuniram-se com carácter de urgência;
É preciso decidir como iremos intervir p'ra deter a violência !
É tempo de construir muralhas de amor e fé,
É URGENTE quebrar armas e moldar flores nas ruas,
Dos sorrisos das crianças fazer renascer esperanças.
É URGENTE reunir! É URGENTE decidir!
E porque há democracia... chamaram a Poesia!
Reuniu muitos poetas e pediu opiniões
Ordenou-lhes que escrevessem a todos os corações
Redigiu tantos decretos em nome de tanta gente
E em todos decretou:

Parar a guerra é URGENTE!!


Ficou então decidido que as armas se calariam
Que se escreveriam versos com as pontas dos canhões
Que se fariam mais pontes para ficarmos mais perto
Que o amor seria oásis no longínquo deserto
Que os aviões ao passarem, deixariam cair rosas
Que seriam como folhas de poemas e de prosas
Que as crianças não sofriam porque o ódio terminou
E finalmente aprendiam que o amor triunfou


E as palavras dos poetas reunidos de emergência
Formaram versos sem rima condenando a violência!
A Poesia ficou mais bela, forte e segura
Porque à guerra apresentou esta MOÇÃO DE CENSURA!!

                                        

              Enviado por NINA.

             É PENA...!

Porque será que a Paz deixara de ser um Bem natural, tão natural como a Água ou o Sol, e passara a ser um produto das civilizações, como o é a guerra?
E porque será que só lhe damos a devida importância quando a guerra nos apanha?
... ... ...
É pena que o maior contributo para a valorização de tão imprescindível Bem tenha de ser a tão medonha expressão da inteligência humana!

 



- Postado por: Alma Poética às 17h32
[ ] [ envie esta mensagem ]

                        


Doce infância

Eu

Me lembro ainda garota
Brincava na beira-mar
Correndo a sorrir
Meus cabelos a balançar.
No meu Ser infante
Toda eficácia bramia.

Com o mar em furor insano
Vivendo sem nada temer
Na areia meu castelo edificava
Sem ver o tempo nublar.

Fui ao chão com o possante vento
Sem ninguém para me amparar
E com a voz em lamúria
assentei a choramingar.

Uma medalhinha no pescoço
Contra o peito circundar
Era tudo que me resguardava
Da fúria das ondas do mar.

Der repente o mar serenou
Logo veio à calmaria
Sendo resguardada
Pela Virgem Maria

Nossa Senhora dos Navegantes
Estava ali para me auxiliar
Salve rainha do mar
Salve minha mãe Iemanjá.











:: AWARD ::




:: LINK-ME ::